Fevereiro 2020

Ricardo Neves-Neves, baralha a História e dá-nos ficção
In Jornal Público, Gonçalo Frota

Fevereiro 2020

Ricardo Neves-Neves, A Reconquista de Olivenza
A Viagem do Teatro do Eléctrico
In Jornal de Letras, Maria Leonor Nunes

LER

 

Fevereiro 2020

Um “Portugal do faz-de-conta” entre História e cinema no Teatro S. Luiz
In Lusa, Cláudia Páscoa

LER

Fevereiro 2020

Valha-nos Santo Neves-Neves!
In Jornal de Negócios, Wilson Ledo

LER

Fevereiro 2020

Ricardo Neves-Neves: “Se fosse bom ator não me tinha perdido com a escrita, que me dá cabo da cabeça”
In Observador, Miguel Branco

LER

Fevereiro 2020

A caminho do Quinto Império
In Jornal Público, Crítica de Rui Monteiro

LER

Fevereiro 2020

A caderneta de cromos que reconquistou Olivença
In Jornal I, Hugo Geada

LER

Fevereiro 2020

Em busca da Bola de Cristal
In Revista Sábado, Rita Bertrand

LER

Fevereiro 2020

A Reconquista de Olivenza no Cineteatro Louletano
In Barlavento, Bruno Filipe Pires

LER

 

Fevereiro 2020

Olivenza, aí vamos Nós!
Entrevista a Ricardo Neves-Neves e Filipe Raposo

In TSF-Fila J, José Carlos Barreto

OUVIR

Fevereiro 2020

Samuel Alves estreia “um espetáculo fabuloso e muito parvo”
Entrevista a Samuel Alves
In Rádio Observador, Carla Jorge de Carvalho, Maria João Simões, Miguel Cordeiro e Paulo Ferreira

OUVIR

Fevereiro 2020

A Sónia Santos partiu à Reconquista de Olivenza. Mas só em estúdio.
Entrevista a Ricardo Neves-Neves e Rafael Gomes

In Renascença, Sónia Santos

OUVIR

Fevereiro 2020

Teatro ‘A Reconquista de Olivenza’
Entrevista a Filipe Raposo, Sílvia Filipe, Rafael Gomes
In Antena 2-Império dos Sentidos, Paulo Alves Guerra

OUVIR

Fevereiro 2020

A Reconquista de Olivenza
Entrevista a Ricardo Neves-Neves e Filipe Raposo
In RTP3 – Horas Extraordinárias, Diogo Louçã Rodrigues

VER

Fevereiro 2020

A Reconquista de Olivenza
Entrevista a Ricardo Neves-Neves

In SIC Notícias-Cartaz das Artes, Sílvia Rato

VER

Fevereiro 2020

O encenador Ricardo Neves-Neves leva a brincadeira muito a sério. Prova disso, a encenação mais recente, “A Reconquista de Olivenza”. A música original é de Filipe Raposo, que também entra na conversa.
In RTP Internacional-Filhos da Nação, Cláudia Almeida

VER

Junho 2019

Ricardo Neves-Neves, A imaginação ao palco
In Jornal de Letras, Maria Leonor Nunes

LER

Junho 2019

«SOBERANA, Mãe Soberana de Loulé» estreia hoje [com fotogaleria]
In Barlavento, Bruno Filipe Pires

LER

Junho 2019

Mãe Soberana sobe ao palco do Cine-Teatro Louletano
In Sul Informação, Pedro Lemos

LER

Junho 2019

Peça de teatro sobre a Mãe Soberana estreia na sexta-feira em Loulé
In Lusa, Marta Duarte

LER

Junho 2019

Algarve Primeiro espreitou ensaio da peça “SOBERANA Mãe Soberana de Loulé”
In Algarve Primeiro, Emídio Santos

LER

Junho 2019

Soberana, Mãe Soberana de Loulé no Cine-Teatro Louletano
In TSF-Fila J, José Carlos Barreto

OUVIR

Junho 2019

MÃE SOBERANA NO TEATRO
Entrevista ao Sr. Presidente da CM Loulé Vítor Aleixo e a Ricardo Neves-Neves e Henrique Ralheta
In RTP-Portugal em Directo, Duarte Baltazar

VER

Maio 2019

“A Menina do Mar”: um conto musical para voltarmos a Sophia
In Observador, Miguel Branco

LER

Maio 2019

Centenário de Sophia com exposição inédita e sessão de poesia na próxima semana
In Lusa, Cláudia Páscoa

LER

Maio 2019

A Menina do Mar no palco do LU.CA
In Estrelas e Ouriços, Joana Leitão

LER

Maio 2019

A Menina que dançava
In Revista Sábado, Crítica de Gisela Pissarra

LER

Maio 2019

“Menina do Mar” de Sophia de Mello Breyner Andersen é agora teatro, com música
In TSF-Fila J, José Carlos Barreto

OUVIR

Maio 2019

Neto de Sophia de Mello Breyner Andersen faz direção musical de “A Menina do Mar”
In Renascença-Ensaio Geral, Maria João Costa

OUVIR

Maio 2019

Reportagem sobre A Menina do Mar no LU.CA – Estreia
In SIC Notícias-Cartaz das Artes, Iryna Shev

VER

Abril 2019

SOB O FOCO
Ricardo Neves-Neves
O encenador fala sobre a centralidade da música em Banda Sonora, escrita a partir de composições originais de Filipe Raposo.
In Time Out – Porto, Maria Monteiro

LER

Abril 2019

Entrevista sobre Banda Sonora no Teatro Rivoli com Ricardo Neves-Neves.
In Radio Nova

OUVIR

Março 2019

“Banda Sonora” de encenador Quarteirense faz a estreia a sul em Loulé.
Esta é uma co-produção do Teatro do Eléctrico, Cine-Teatro Louletano e São Luiz Teatro Municipal.
In Barlavento, João Chambino

LER

Março 2019

“Banda Sonora” é um espetáculo com texto de Ricardo Neves Neves e composição de Filipe Raposo, no Teatro S.Luiz
In TSF-Fila J, José Carlos Barreto

OUVIR

Fevereiro 2019

Alice no País das Maravilhas: uma apologia do nonsense
Alice é uma fantasia, feita de metamorfoses, delírio e absurdo. Dar corpo àquelas personagens todas não é desafio de somenos, e isso o espectáculo logra-o. A última sessão é hoje no Teatro São João, no Porto, às 16h.
In Jornal Público, Crítica de Augusto M. Seabra

LER

Fevereiro 2019

A peça “Alice no País das Maravilhas” pode ser vista até dia 10 de fevereiro no TNSJ. Declarações de Ricardo Neves-Neves, encenador; Maria João Luís, encenadora e atriz.
In Porto Canal

VER

Fevereiro 2019

Entrevista a Maria João Luís e Ricardo Neves-Neves
In RTP2, Página 2

VER

Janeiro 2019

Abram-lhes a cabeça!
In Jornal de Negócios, Wilson Ledo

LER

Janeiro 2019

Loulé revisita «Alice no País das Maravilhas»
In Barlavento

LER

Janeiro 2019

Alice sem medo da Tolice
In Revista Sábado, Crítica de Gisela Pissarra

LER

Janeiro 2019

Fila J: “Alice no país das Maravilhas” na Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II
In TSF – Fila J

OUVIR

 

Janeiro 2019

No dia 31 de Janeiro de 2019 a Praça da Alegria recebeu Maria João Luís, atriz e encenadora, Beatriz Frazão, atriz, e Ricardo Neves-Neves, encenador.
In RTP, Praça da Alegria

VER

Dezembro 2018

Uma “Alice” para quem precisa de fantasia
In Jornal Correio da Manhã, Ana Maria Ribeiro

LER

Dezembro 2018

O absurdo consegue abordar as coisas sem a vaidade da civilização
“A minha ligação com o lado infantil foi sempre muito forte. Quando meti as minhas brincadeiras tontas no teatro, comecei a ser levado a sério.”, Ricardo Neves-Neves.
In Jornal de Negócios, a partir de uma conversa com Lúcia Crespo e Sérgio Lemos

LER

Dezembro 2018

Entrevista Alice no País das Maravilhas
In Agenda Cultural Lisboa, Frederico Bernardino

LER

Dezembro 2018

Quem é ela?
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Dezembro 2018

Uma criança muito perentória
In Jornal de Notícias, Ana Vitória

LER

Dezembro 2018

Uma Alice absurda e política
In Jornal Público, Gonçalo Frota

LER

Dezembro 2018

Todos a surrealizar com Alice
In Revista Sábado, Rita Bertrand

LER

Dezembro 2018

Acertar os ponteiros
É hora do chá. E uma menina vive experiências da ordem do fantástico (e do satírico…)
In Revista Visão

LER

Dezembro 2018

O absurdo é falar
“Alice no País das Maravilhas”, com encenação de Maria João Luís e Ricardo Neves-Neves para o D.Maria II, é cair numa toca de coelho nonsense. Miguel Branco entrou mudo e saiu calado.
In Time Out, Miguel Branco

LER

Dezembro 2018

Não estamos sempre a cair na toca do coelho?
Ricardo Neves-Neves e Maria João Luís mostram a sua versão, divertida e absurda, de “Alice no País das Maravilhas”. No Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.
In Diário de Notícias, Maria João Caetano

LER

Dezembro 2018

Menina(s) Alice(s)
In Jornal Público

LER

Dezembro 2018

“Alice no País das Maravilhas” está na Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II
In TSF-Fila J, José Carlos Barreto

OUVIR

Dezembro 2018

“Alice no País das Maravilhas”
In Antena 1 – Notícias, Sandy Gageiro

OUVIR

 

Dezembro 2018

Maria João Luis e Ricardo Neves-Neves – Teatro do Elétrico: Alice no País das Maravilhas no TN D. Maria II de 27/12 a 06/01 e no TN São João de 24/01 a 03/02.
In Antena 2-Império dos Sentidos, Paulo Alves Guerra

OUVIR

Dezembro 2018

Alice no País das Maravilhas é a obra mais conhecida de Lewis Carroll e, desta vez, sobe ao palco da sala Garrett do Teatro Nacional Dona Maria II.
Com estreia marcada para 27 de Dezembro, Ana Galvão quis saber, com os encenadores, mais sobre as maravilhas que estarão em palco. Sem spoilers, claro…
In Rádio Renascença Online, Ana Galvão

OUVIR

Dezembro 2018

O Ensaio Geral desta semana foi ao vivo no Teatro Nacional Dona Maria II. Os convidados são encenador Ricardo Neves-Neves e atriz Maria João Luis, da peça Alice no País das Maravilhas
In Rádio Renascença Online, Maria João Costa

OUVIR

Dezembro 2018

Reportagem Alice no País das Maravilhas, estreia no TNDM II
In RTP3-Horas Extraordinárias

VER

Dezembro 2018

Teatro Nacional Dona Maria II: “Alice no País das Maravilhas”
Entrevista a Ricardo Neves-Neves, encenador.
In RTP 2 – Jornal 2

VER

Dezembro 2018

“Alice no país das maravilhas”
O Teatro Dona Maria II apresenta por estes dias um clássico da literatura infantil. “Alice no País das Maravilhas” é um espectáculo para toda a família.
In RTP 1 – Jornal da Tarde

VER

Dezembro 2018

“Alice no país das maravilhas” está em cena a partir de amanhã na sala principal do Teatro Nacional Dona Maria II, em Lisboa.
Declarações de Maria João Luís, encenadora e actriz; Ricardo Neves-Neves, encenador.
In SIC – Jornal da Noite

VER

Dezembro 2018

Conversas: Aventuras de Natal
Conversa com Maria João Luís, atriz, Sofia Fernandes, apresentadora, sobre as suas tradições de Natal e sobre a peça “Alice no País das Maravilhas”, até 6 de janeiro no Teatro D. Maria II.
In SIC Mulher – Faz Sentido

VER

Dezembro 2018

Maria João Luís e Ricardo Neves
Convidados da 1ª parte: Maria João Luís e Ricardo Neves-Neves, sobre a peça “Alice no País das Maravilhas”
In Canal Q – É a Vida Alvim

VER

Novembro 2018

O mundo encolhe quando crescemos

Usamos centenas, milhares de palavras todos os dias. De uma forma natural, intuitiva.
E se, de um momento para o outro, elas deixassem de existir? Como diríamos a alguém que sentimos a sua falta?
In Jornal de Negócios, Wilson Ledo

LER

Novembro 2018

Quando somos pequenos…
In Jornal Público, Crítica de Augusto M. Seabra

LER

Novembro 2018

O Catamarã de Ana Lázaro e Neves-Neves
In Revista Sábado, Rita Bertrand

LER

Novembro 2018

Catamarã, nas Ilhas Salomão ninguém se preocupa com os erros ortográficos
In Revista Visão, Inês Belo

LER

Agosto 2018

Bem-vindos à Liga das Amigas dos Gatos

O espetáculo mais divertido de 2017 está de volta, desta feita no Algarve. É a prova de que há coisas que nunca mudam na forma como vivemos em sociedade.
In Jornal de Negócios, Wilson Ledo

LER

Março 2018

A fragilidade humana tem “Banda Sonora” a partir de hoje no Teatro S. Luiz
In Diário de Notícias, Lusa

LER

Março 2018

Bem-vindos à NevesNeveslândia

Um espectáculo brilhantíssimo, absoluta confirmação, caso necessidade ainda houvesse, da singularidade criativa de Ricardo Neves-Neves, aqui numa exemplar parceria com um compositor, Filipe Raposo. Sem dúvida alguma um marco do teatro musical nos palcos portugueses.
In Jornal Público, Crítica de Augusto M. Seabra

LER

Março 2018

O encantador acto de abrir a burra

Simetria ao som do rigor. Em Banda Sonora”, Ricardo Neves-Neves volta à
infância e faz dela uma viagem ao que de mais disforme há no ser humano,
O palco é outro universo, capaz de nos espantar, de nos fazer acreditar.
In Jornal de Negócios, Wilson Ledo

LER

Março 2018

As meninas

Com a música e a palavra, Filipe Raposo e Ricardo Neves-Neves recriam o universo mágico da infância e primeira juventude de três meninas — ou serão seis?
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Março 2018

Lições de Neves-Neves: como fumar e dissecar sapos

O teatro de Ricardo Neves-Neves junta-se à música de Filipe Raposo para fazer de “Banda Sonora” uma delirante peça situada numa floresta de terror infantil. Um espectáculo em que maldade e inocência são duas faces da falta dos que se foram.
In Jornal Público, Gonçalo Frota

LER

Março 2018

Três meninas a dobrar contam Histórias de Terror.
In Revista Sábado, Rita Bertrand

LER

Março 2018

Vamos lá dissecar sapos
In Time Out, Miguel Branco

LER

Março 2018

Demos boleia ao autor de Banda Sonora

Enquanto o conduzíamos por Lisboa, o dramaturgo algarvio falou-nos do musical que escreveu, e estreia dia 9, e do trabalho que se segue: uma ópera
In Revista Sábado, Diogo Barreto

LER

Fevereiro 2018

Destaques da Semana

Música, Exposições, Teatro, Livros e Cinema. 
O difícil está mesmo na escolha.
In Jornal Correio da Manhã

LER

Fevereiro 2018

Banda Sonora
Entrevista a Ricardo Neves-Neves e Joana Campelo

In Sic Mulher – Faz Sentido, Ana Rita Clara

VER

Julho 2017

Teatro do Eléctrico leva “Kabarett” e “A Freguesia” até Quarteira

“Karl Valentin Kabarett” e “A Freguesia” são os dois espetáculos que o Teatro do Eléctrico leva à cidade de Quarteira, no âmbito da animação de verão da cidade.
In Sul Informação

LER

Julho 2017

Karl Valentin Kabarett
O Cabaret do Esguicho
In Revista Sábado, Crítica de Gisela Pissarra

LER

Julho 2017

Cabaré com Karl Valentin
In Jornal de Letras, Helena Simões

LER

Julho 2017

Karl Valentin Kabarett
In Time Out, Crítica de Rui Monteiro

LER

Julho 2017

Viva a Estupidez!

O Teatro do Eléctrico traz-nos um cabaré divertido, sobre tudo e sobre nada.
In Revista Visão, Carolina Freitas

LER

Julho 2017

Sugestão do dia

Kabarett
In Jornal Público,

LER

Julho 2017

Um cabaret para rir com as coisas pequenas da vida

Ricardo Neves-Neves e o Teatro do Eléctrico procuram o prazer de estar em palco com Karl Valentin Kabarett. Estreia se hoje no Festival de Almada e vai quinta-feira para o Trindade
In Jornal Diário de Notícias, Maria João Caetano

LER

Julho 2017

Como ser cómico
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Julho 2017

O humor em tempos de confusão

O encontro de Ricardo Neves-Neves com Karl Valentin parecia um casamento perfeito mas demorou a concretizar-se. Karl Valentin Kabarett, em estreia no Festival de Almada, parte em busca de um humor atravessado pela melancolia.
In Jornal Público, Gonçalo Frota

LER

Julho 2017

O Kabarett de Karl Valentin chega a Almada

O encenador Ricardo Neves-Neves vai transformar o palco do Festival de Almada num cabaré e aí apresentar mais de uma dúzia de pequenas peças de um dos mais importantes dramaturgos alemães do século XX
In Revista Sábado, Diogo Barreto

LER

Junho 2017

Teatro aqui e agora
In Revista Visão, Gabriela Lourenço

LER

Agosto 2017

A FREGUESIA de Ricardo Neves-Neves
In A Voz do Algarve

LER

Abril 2017

Centenário da Freguesia de Quarteira encerram com peça criada pelo Teatro do Eléctrico
In Diário Online Região Sul

LER

Abril 2017

Comemorações do Centenário da Freguesia de Quarteira encerram com peça criada pelo Teatro do Eléctrico
In Algarve 7, Jorge Gomes

LER

Março 2017

Sugestão do dia
Procurar o sol depois do entardecer

In Jornal Público

LER

Março 2017

Crítica
Encontrar o Sol
Ruminar a vida à beira-mar CRITICA
In Revista Sábado, crítica de Gisela Pissarra

LER

Março 2017

Casa das Artes 2017 (IX), Episódio 17
A Noite da Dona Luciana no Teatro Baltazar Dias, Madeira
In RTP Play

VER

Fevereiro 2017

Imperdível
Sugestões para ocupar o seu tempo livre
O Absurdo de Albee em Braga
In Jornal Correio da Manhã

LER

Fevereiro 2017

O calor da pele anónima
Uma gargalhada. Outra, mais uma. Aparências douradas estendidas sobre as
toalhas, corpos que escondem histórias e passados. Há humor em “Encontrar o sol”. E paixões tórridas que ensombram. Ou não fosse este um retrato da realidade.
In Jornal de Negócios, Wilson Ledo

LER

Fevereiro 2017

Encontrar o sol
A luz impiedosa de Edward Albee sobre as convenções sociais
In Jornal I, Diogo Vaz Pinto

LER

Fevereiro 2017

Sungas e protetor solar. Vamos Encontrar o Sol com Rita Cruz
In Jornal Diário de Notícias, Maria João Caetano

LER

Fevereiro 2017

Queridos, toca a acordar – um conselho de Albee
In Jornal Público, Gonçalo Frota

LER

Fevereiro 2017

Na praia de Edward Albee entre amores e frustrações
In Revista Sábado, Rita Bertrand

LER

Fevereiro 2017

Com Ricardo Neves-Neves a vida moderna é uma tragédia clássica
In Observador, Bruno Horta

LER

Fevereiro 2017

Solidão sem filtro
Ricardo Neves-Neves encena ‘Encontrar o Sol’, a partir de Edward Albee, e mostra a Maria Ramos Silva como não há factor 50 que nos defenda da ambiguidade.
In Time Out, Maria Ramos Silva

LER

Fevereiro 2017

Teatro em cena
In Jornal de Letras

LER

Fevereiro 2017

Teatro
CoLeGaS no São Luiz
In Time Out

LER

Fevereiro 2017

Em plena luz
Com oito personagens, Edward Albee articula o rigor de um clássico e a liberdade criativa da modernidade
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Fevereiro 2017

Entrevista a Ricardo Neves-Neves
A propósito de Encontrar o Sol
In Agenda Cultural Lisboa, Frederico Bernardino

LER

Dezembro 2016

Os Melhores de 2016
Escolha de Gonçalo Frota, Inês Nadais e Jorge Louraço Figueira
In Jornal Público

Ler

Março 2016

A Noite da Dona Luciana
Há um cadáver no camarim
In Revista Sábado, crítica de Nuno Costa Santos

LER

Março 2016

Crítica
A Noite da Dona Luciana
In Time Out, crítica de Rui Monteiro

LER

Março 2016

Copi exuberante
In Jornal de Letras, Helena Simões

Ler

Fevereiro 2016

Ricardo, o rei do artifício
Palavra ao director do Teatro do Eléctrico sobre a sua nova encenação, uma peça de Copi

In Revista Sábado, Rita Bertrand

LER

Fevereiro 2016

Um teatro em polvorosa
Ricardo Neves-Neves encena, no Teatro da Politécnica, A Noite da Dona Luciana, uma comédia absurda e em turbilhão do argentino Copi, passada num teatro. Eurico de Barros foi confirmar o delírio.
In Time Out, Eurico de Barros

LER

Fevereiro 2016

Utopia ou Economia?
Ricardo Neves-Neves encenou a peça de Copi num compromisso tensional entre o aparente desvario do texto e uma formalização quase sobre-exposta do trabalho dos atores
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Fevereiro 2016

Nas mãos de Ricardo Neves-Neves o teatro não tem travões
Uma marca febril a iluminar A Noite da Dona Luciana, de Copi
In Jornal Público Ípsilon, Gonçalo Frota

LER

Fevereiro 2016

Quem matou a senhora da limpeza?
O Teatro do Eléctrico brinca em palco com o surrealismo do dramaturgo argentino Copi
In Revista Visão, Gabriela Lourenço

LER

Fevereiro 2016

“Mãe com Açucar”: conta-me como foi e como é
In Revista Visão, Gabriela Lourenço

LER

Setembro 2015

Ricardo Neves-Neves
Encenador natural de Quarteira traz a Loulé a peça “Menos Emergências”
In A Voz de Loulé, Sofia Coelho

LER

Agosto 2015

Em Cena no Teatro do Eléctrico
In Máxima Online

LER

Agosto 2015

Teatro do Eléctrico estreia Mãe com Açucar, de Rita Cruz
In Cultura de Borla

LER

Maio 2015

O direito ao disparate
Ricardo Neves-Neves é autor, encenador e actor de uma Batalha de Não Sei Quê, que faz de um quintal uma zona de guerra e da infância e do absurdo forças aliadas. A partir de quarta-feira, no Teatro da Politécnica, em Lisboa.
In Jornal Público Ípsilon, Gonçalo Frota

LER

Maio 2015

A Batalha de Não Sei Quê
In Time Out, Crítica de Rui Monteiro

LER

Maio 2015

A Batalha de Não Sei Quê
Leve Batalha
In Revista Sábado, Crítica de Nuno Costa Santos

LER

Maio 2015

A Batalha de Ironia
In Jornal de Letras, Crítica de Helena Simões

LER

Maio 2015

A Batalha de Não Sei Quê
De Ricardo Neves-Neves
Teatro da Politécnica, Lisboa, até 11 de Junho
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Maio 2015

Paródia Trágica de Ricardo Neves-Neves
A Batalha de Não Sei Quê
In Revista Sábado

LER

Maio 2015

Duas peças, um encenador
Eurico de Barros foi ver como é que Ricardo Neves-Neves, do Teatro do Eléctrico, conseguiu levar à cena dois espectáculos muito diferentes, um deles de sua autoria e outro com músicos e um coro em palco
In Time Out, Eurico de Barros

LER

Maio 2015

A nossa escolha
Menos emergências
Ricardo Neves-Neves revisita a sua encenação do ano passado desta trilogia social-absurda de peças do inglês Martin Crimp, com músicos e coro.
In Time Out

LER

Maio 2015

“Menos Emergências” em cena, a tragédia de sempre na vida real
In Canal Q – Inferno T4 Ep.186

VER

Maio 2015

Peça “Menos Emergências”
In RTP programa Há Tarde

VER

Maio 2015

Em cena “Menos Emergências” no Teatro da Trindade
In TVI Ficção programa Câmara Exclusiva

VER

Março 2015

Sebastião & Sebastiana
In Glosas, Tânia Valente

LER

Novembro 2013

Retrato de um autor que pensa as palavras como se fossem música
In Jornal Público, Tiago Bartolomeu Costa

LER

Junho 2013

O Solene Resgate
de Ricardo Neves-Neves
Ribeira, Lisboa, até dia 11
In Jornal Expresso, João Carneiro

LER

Novembro 2012

Estreia
Mary Poppins – A Mulher Que Salvou o Mundo
In Time Out, Catarina Homem Marques

LER

Outubro 2011

Que bom que regressou
In revista Sábado, Ana Gomes

LER

Junho 2011

Testemunho de um espectador depois de ter visto a peça “A Festa” de Spiro Scimone, no Teatro da Comuna
In Rua de Baixo

LER

Abril 2011

A Festa estreia hoje no Espaço Teatrosfera, em Massamá
In Jornal Público

LER

Março 2011

Crítica
O Regresso de Natasha
Uma comédia do absurdo. É o subtítulo da peça, e não é por acaso
In Time Out, crítica de Rui Monteiro

LER

Fevereiro 2011

A porta fechou-se e a casa era pequena
Volta a Lisboa em 80 casas
In Time Out, Ana Dias Ferreira

LER

Fevereiro 2011

A porta fechou-se e a casa era pequena
In Rua de Baixo

LER

Fevereiro 2011

Crítica ao espectáculo A porta fechou-se e a casa era pequena
Uma casa, outra casa, e depois…
In Jornal Público, crítica de Tiago Bartolomeu Costa

LER

Fevereiro 2011

“A porta fechou-se e a casa era pequena” em cena no Teatro da Comuna em Lisboa
In Reportagem Sic Notícias

VER

Junho 2010

O Regresso de Natasha
Uma alucinação ou um mundo à parte?
In Rua de Baixo, entrevista com a actriz Rita Cruz

LER

Abril 2009

Quatro Histórias
Black Vox – Histórias Negras em Teatro de Terror
In Agenda Cultural de Lisboa

LER

Abril 2009

Histórias de terror no Teatro da Trindade
In Jornal Público

LER

Abril 2009

Black Vox
Histórias negras em teatro de terror
In revista Mariana, Joana Silva

LER

Março 2009

Histórias negras em teatro de terror
In Rua de Baixo

LER

Março 2009

Histórias de terror na Casa Conveniente
In Jornal Público

LER