Conta a história singular de Osvaldo Antunes da Cunha, que nasceu num antigo bairro de Lisboa, entre tantos outros filhos de mãe solteira e pai desconhecido, mas a quem a sorte ditou que se tornasse carteirista de profissão. Enquanto nos explica as normas do Código de Conduta dos Carteiristas, este mestre na arte de surripiar fala-nos sobre a cidade onde cresceu – testemunha mudanças que lhe roubam o passado em virtude do progresso – e conduz-nos pelos episódios, aventuras e desventuras do seu ofício único… E claro, não escapa ao derradeiro momento que o conduziu à sua detenção… O dia em que violou o artigo imprescindível do Código dos Carteiristas: Artigo 10º “O carteirista nunca se deverá envolver emocionalmente com a vítima do furto”.
Esta é uma história de palmanço. Mas também é uma história de amor.

Depois da leitura de The Swimming Pool Party de Ricardo Neves-Neves em 2019, o Teatro do Eléctrico estabelece uma parceria com a Mákina de Cena (Loulé), desta vez com uma peça de Ana Lázaro.

Ficha Artística e Técnica

Texto e Direcção Ana Lázaro

Participantes Aline Camargo, Ana Ribeiro, Andreia Pintassilgo, Carolina Santos, Isaura Peres, Mamadu Ali, Maria Vitorino, Maria Helena Baião, Marinela Malveiro, Beatriz Lino, Mafalda Simões, Marta Durão, Martim Santos, Mónica Sousa, Patrícia Marques, Raquel Mendes, Ricardo Neves-Neves
Rita Carolina Silva, Sandra Miranda, Sara Bacalhau e Tata Regala

Produção Mákina de Cena

O Teatro do Eléctrico é uma estrutura apoiada pela República Portuguesa - Cultura / Direcção Geral das Artes, pelo Cineteatro Louletano/Câmara Municipal de Loulé e pela Câmara Municipal de Lisboa / Polo Cultural Gaivotas | Boavista

M12/90MIN

Apresentações

Leitura online, Mákina de Cena-CLUBE DE LEITURA TEATRAL DE LOULÉ (2020)

Outros espetáculos