Conta a história singular de Osvaldo Antunes da Cunha, que nasceu num antigo bairro de Lisboa, entre tantos outros filhos de mãe solteira e pai desconhecido, mas a quem a sorte ditou que se tornasse carteirista de profissão. Enquanto nos explica as normas do Código de Conduta dos Carteiristas, este mestre na arte de surripiar fala-nos sobre a cidade onde cresceu – testemunha mudanças que lhe roubam o passado em virtude do progresso – e conduz-nos pelos episódios, aventuras e desventuras do seu ofício único… E claro, não escapa ao derradeiro momento que o conduziu à sua detenção… O dia em que violou o artigo imprescindível do Código dos Carteiristas: Artigo 10º “O carteirista nunca se deverá envolver emocionalmente com a vítima do furto”.
Esta é uma história de palmanço. Mas também é uma história de amor.

Depois da leitura de The Swimming Pool Party de Ricardo Neves-Neves em 2019, o Teatro do Eléctrico estabelece uma parceria com a Mákina de Cena (Loulé), desta vez com uma peça de Ana Lázaro.

Ficha Técnica

Texto Ana Lázaro

Apresentações

Leitura em streaming Makina de Cena (2020)

Outros espetáculos